Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DECO PROTESTE MELDT:

Quinta-feira, 17.01.13

Ao mudar para o mercado liberalizado na eletricidade e gás, os consumidores estão a ser confrontados com prazos mínimos de permanência e penalizações por cessação antecipada do contrato.

visual001

 

Com o fim das tarifas reguladas de eletricidade e gás, os consumidores têm até 2015 para mudar para o mercado liberalizado. Quem não o fizer poderá sofrer ajustamentos mais agravados no custo da fatura em cada 3 meses.

Atualmente, os contratos das empresas EDP Comercial, Galp Energia e Iberdrola incluem penalizações em caso de resolução antecipada do contrato. As exceções são as empresas Endesa (só eletricidade) e Goldenergy (gás natural). A DECO considera qualquer penalização por mudança de comercializador lesiva dos direitos dos consumidores. Cláusulas dessa natureza contrariam o princípio da liberalização do mercado: a mobilidade do consumidor.

A ERSE já tinha eliminado o anterior limite de quatro mudanças anuais de fornecedor. Com este cenário, só em teoria o consumidor pode mudar de fornecedor as vezes que quiser, em qualquer momento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por NCBPortugal às 19:36








comentários recentes

  • Marant

    Wij zijn al open vanaf vrijdag 5 september!!

  • MARANT

    Nog gedurende deze expositie hebben we een special...

  • Karin Hulsman

    Helaas, de markt gaat morgen niet door. De volgend...

  • Bert ten Brinke

    Mooi, Leni.Dit gedicht is muzikaal vertolkt door h...

  • Anónimo

    gostei do blog

  • leni

    ocharme die non... 'k zou niet in haar plaats will...

  • marten salverda

    Vanuit Nederland onze oprechte deelneming! Sterkte...

  • Leen

    http://e-beira.com/index.php?option=com_adsmanager...

  • Leen

    http://www.facebook.com/events/283276478451184/We ...

  • NCBPortugal

    ja, inderdaad .De volgende is op 1 juli.Leni